O portal reune pesquisadores de mestrado e doutorado dos programas de direito e de engenharia e gestão do conhecimento da UFSC, sob a coordenação dos professores Aires José Rover e Orides Mezzaroba. A partir de 2008 formou-se várias parcerias em especial com a Universidade de Zaragoza, Espanha. Tem por objetivo principal consolidar o estudo e disseminação de trabalhos sobre governo eletrônico, inclusão digital e sociedade do conhecimento.

 

Conta de usuário


To prevent automated spam submissions leave this field empty.


Projetos e Temas de Interesse



Mapas observatório do e-Gov

Mapas de Governo Eletrônico e Inclusão Digital

Biblioteca

Biblioteca do Grupo de Pesquisa

Professorando

Temas de Educação e Cultura

BuscaLegis

Biblioteca Jurídica online

 

Observatório do E-GOV

Projeto Observatório do E-GOV.

Disciplina Governo Eletrônico e Inclusão Digital

Disciplina da Pós-Graduação do curso de Direito e Engenharia e Gestão do Conhecimento

Disciplina Informática Jurídica

Disciplina da Graduação do curso de Direito

Disciplina Complexidade, Conhecimento e Sociedade em Rede

Disciplina da Pós-Graduação do curso de Engenharia e Gestão do Conhecimento

O volume 2, nº 13, desse 7º ano da revista do grupo, já está disponível online! Confira: http://buscalegis.ufsc.br/revistas/index.php/observatoriodoegov/issue/view/251

 

Conforme a apresentação, redigida pelo editor e coordenador, Prof. Dr. Aires José Rover,

 

Nesta edição temos especialmente a participação, como convidados, de três importantes pesquisadores, um brasileiro e dois argentinos, especialistas nas áreas em que escrevem. Agradecemos por abrilhantar esta edição.

Assim como as demais edições, a revista traz discussões sobre os dois temas centrais da revista, o Governo Eletrônico e a Informática Jurídica.

Nesse sentido, cinco dos artigos trataram da primeira temática.

Dois artigos discutiram a justiça eletrônica, dois a participação ou democracia digital e um o governo eletrônico na Espanha. Governo aberto, e-processo, teletrabalho e redes sociais são subtemas aqui tratados.

Quatro artigos discutiram a segunda temática geral, a informática jurídica: responsabilidade civil de conteúdos, legalidade de serviços digitais como Uber e constitucionalismo e novas tecnologias foram subtemas arrolados.

Cabe lembrar que de nove artigos, seis deles são escritos na língua espanhola, cinco artigos escritos por pesquisadores de Espanha e um da Argentina. 

 
Lahis Kurtz
18/12/2015 - 12:54
0 comentário(s)